Just GIRLS

Incentivando Mulheres na Computação

A Just CODING acredita em incentivar meninas e mulheres a se envolverem com as áreas de ciências exatas e tecnologia (STEM em inglês, de Science, Technology, Engineering and Mathematics).

Para isto, temos dois programas:

  • Descontos de 10% para todas as meninas e mulheres que frequentarem nossos cursos.
  • Parceria Just GIRLS, onde empresas podem patrocinar turmas de meninas carentes para cursar nossos módulos (detalhes da Parceria em Português).

Sobre esta tendência mundial, sugerimos os seguintes filmes e leituras:

  • Filme Estrelas Além do Tempo que conta a história real de Katherine Johnson, Dorothy Vaughn e Mary Jackson que, além de provar sua competência dia após dia, precisam lidar com o preconceito arraigado contra mulheres e negros para que consigam ascender na hierarquia da NASA, se tornando as primeiras programadoras da história da NASA (Fev/2017).
  • Mulheres e tecnologia: eu posso trabalhar com internet? Artigo da Silvana Bahia, no blog #agoraéquesãoelas da Folha, falando sobre iniciativas para incentivar mulheres nas áreas de produção de tecnologia no Brasil. (4/2/2016)
  • Women write better code, study suggests (Mulheres programa melhor, estudo sugere). Estudo sugere que o código que mulheres escrevem e submetem no GitHub (um grande arquivo para armazenar, modificar e corrigir programas) é de melhor qualidade do que o escrito por homens. Também sugere que a boa avaliação cai quando o avaliador sabe que é uma mulher. (12/Fev/2016)
  • Mulheres Criam projetos contra desigualdade de gênero na tecnologia. Detalhes de alguns projetos que visam aumentar a participação de mulheres na programação. (2/Fev/2016)
  • 'Too hot to be an engineer' - women mark Ada Lovelace Day. Artigo em inglês sobre como mulheres marcaram o dia do aniversário de Ada Lovelace (a inventora da programação). (13/Out/2015)
  • Filme CODE GIRL. Filme sobre grupos de meninas no mundo inteiro (inclusive no Brasil) que criam programas para resolver problemas de suas comunidades, e participam de uma competição internacional. (2015)