O cinema voltou com força total nos últimos anos.

Filmes da Marvel, do Harry Potter, do Senhor dos Anéis, Star Wars e Piratas do Caribe inundaram o cinema com histórias recheadas de ação, personagens interessantes e divertidos.

E as crianças ficam ansiosas e curiosas para ver cada um deles. Mas, como mostra a lista a seguir das maiores bilheterias desde o ano 2000, as classificações indicativas nem sempre são compatíveis com as idades das crianças. E aí, o que fazer?


Maior Bilheteria por Ano (Classificação Indicativa):

2000: O Grinch (L)
2001: Harry Potter e a Pedra Filosofal (L)
2002: Homem Aranha (12)
2003: O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (14)
2004: Shrek 2 (L)
2005: Star Wars: A Vingança dos Sith (10)
2006: Piratas do Caribe: O Baú da Morte (12)
2007: Homem Aranha 3 (12)
2008: O Cavaleiro das Trevas (12)
2009: Avatar (12)
2010: Toy Story 3 (L)
2011: Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2 (12)
2012: Os Vingadores (14)
2013: Jogos Vorazes: Em chamas (14)
2014: American Sniper (16)
2015: Star Wars: O Despertar da Força (12)
2016: Rogue One: Uma História Star Wars (12)
2017: Star Wars: Os Últimos Jedi (12)
2018: Black Panther (14)


ENTENDENDO COMO É FEITA A CLASSIFICAÇÃO

Primeiro, é interessante conhecer as regras usadas para definir a Classificação Indicativa de um filme. Elas são baseadas em vários fatores psicológicos e de desenvolvimento cognitivo, além de proteção da infância e juventude.

Por isto, levam em conta critérios específicos para a exibição de "Violência", "Sexo e Nudez" e "Drogas". Como exemplo, podemos citar alguns critérios relativos à exibição de VIOLÊNCIA nos filmes:

  • Classificação LIVRE (L): permite a existência de VIOLÊNCIA FANTASIOSA, como, por exemplo, atos agressivos de desenhos animados destinados ao público infantil, que não apresentem correspondência com a realidade tais como lesões corporais.
  • Classificação 10 ANOS (10): é permitida a PRESENÇA DE ARMAS COM VIOLÊNCIA, sem que haja consumação do ato, como um personagem ouve um barulho em casa e apanha uma faca para defender-se (mas não a utiliza).
  • Classificação 12 ANOS (12): é permitido o ATO VIOLENTO, com ameaça ou ação intencional de violência contra a integridade corporal, liberdade ou a saúde, própria ou de outrem, como personagens  que brigam com socos e chutes. Também é permitida pela primeira vez a PRESENÇA DE SANGUE oriundo de alguma lesão corporal, como sangue originado de agressões físicas (socos e tiros), acidentes, procedimentos médicos e lesões internas (cirurgias, vômitos com sangue) e cenários ou objetos ensanguentados.
  • Classificação 14 ANOS (14): é permitida MORTE INTENCIONAL, ou seja, um personagem mata outro intencionalmente.
  • Classificação 16 ANOS (16): é permitida VIOLÊNCIA GRATUITA / BANALIZAÇÃO DA VIOLÊNCIA, que é a ciolência sem motivo aparente, por motivo fútil ou, reiteradamente, como forma predominante ou única de resolução de conflitos, como no jogo GTA, onde o jogador pode agredir livremente pedestres na rua.
  • Classificação 18 anos (18): é permitida VIOLÊNCIA DE FORTE IMPACTO, como mortes violentas, e CRUELDADE.

Estas regras são muito detalhadas e podem ser lidas integralmente na página sobre Classificação Indicativa do Ministério da Justiça, onde é possível consultar a classificação indicativa de qualquer filme ou jogo.


ENTENDENDO O QUE DIZ A LEI

Em segundo lugar, esclarecemos que, no Brasil, existem várias legislações diferentes para estados, cidades e cadeias de cinema específicas. Por isto, é importante sempre consultar as regras específicas para o cinema que você pretende ir.

Mas, em grande parte das vezes, a regra que vale é a seguinte: crianças com idade até 2 anos abaixo da classificação indicativa podem entrar, desde que acompanhadas dos pais ou responsáveis que assinam um termo de compromisso na entrada do cinema. Ou seja, uma criança de 10 anos pode assistir à filmes com classificação até 12 anos.

É muito importante ressaltar que esta regra só vale para filmes que não sejam 18 anos (ou seja, nem os pais podem autorizar um adolescente de 16 ou 17 a ver filmes para maiores de idade).

Esta "margem" de 2 anos permite que os pais avaliem se a criança deve ou não assistir ao filme de acordo com a maturidade da criança e os valores da família. 


ENTENDENDO OS EFEITOS NEGATIVOS DE EXPOR A CRIANÇA A CONTEÚDO IMPRÓPRIO

Assistir à um ou outro filme ocasionalmente não irá prejudicar o cérebro das crianças. Mas a exposição constante pode trazer uma série de impactos negativos:

  • As crianças perdem o aprendizado da narrativa e desenvolvimento dos personagens. Perguntamos aos nossos alunos que haviam assistido à filmes fora da faixa etária qual era a história do filme, e as crianças não conseguiam se lembrar. Elas lembravam apenas do conteúdo inadequado: as cenas de violência. As narrativas e dilemas apresentados são para outro período de desenvolvimento, o que torna o filme empolgante (por ser de ação), mas incompreensível de forma lógica e emocional. Isto resulta em confusão emocional para as crianças.
  • Sabemos que a exposição constante à violência explícita cria um efeito de "dessensibilização", ou seja, a criança passa a achar normal comportamentos que são anormais. Por exemplo, acham normal pessoas se agredindo fisicamente por motivos fúteis. Os resultados a longo prazo podem incluir depressão infantil, apatia, tristeza sem motivo e agressividade.
  • Outro efeito nocivo é a objetificação e sexualização precoce. Crianças expostas à imagens de mulheres sexualizadas e tratadas como objetos provocam: baixa de auto-estima nas meninas; e agressividade com o sexo oposto nos meninos. Ao tratar as mulheres como "prêmios" a serem conquistados com violência (derrotando o inimigo em lutas corporais), as crianças acostumam com modelos de relações afetivas que são muito danosos aos seus relacionamentos futuros.

O QUE FAZER, ENTÃO?

Sugerimos fortemente que você não leve sua criança para ver filmes que são classificados como mais de 2 anos acima da idade dela. Se a classificação for 2 anos acima da idade, limite o número de filmes, e acompanhe a criança, discutindo com ela ao final as cenas que você achou mais violentas, ou inadequadas.

Existem dezenas de filmes interessantes, que são classificados como Livres, ou 10 anos, e recomendamos abaixo os nossos favoritos para (re)ver com sua criança:

  1. Operação Big Hero 6 (L)
  2. Wall-E (L)
  3. DivertidaMente (L)
  4. Moana (L)
  5. Ponyo: Uma Aventura no Mar (L)
  6. Toy Story 1, 2 e 3 (L)
  7. Monstros S.A. (L)
  8. Os Incríveis 1 (o 2 é 10 anos)
  9. Procurando Nemo (L)
  10. O Rei Leão (L)
  11. E.T. (L)
  12. Mary Poppins (L)
  13. Uma Aventura Lego (L)
  14. O Mágico de Oz (L)
  15. As Viagens de Chiriro (10)
  16. Festa no Céu (L)
  17. Enrolados (L)
  18. Carros (L)
  19. O Meu Vizinho Totoro (L)
  20. Mulan (L)
  21. A História Sem Fim (10)
  22. Labirinto: A Magia do Tempo (10)

Boa Diversão!


    Comment